Sobre o autor

Miguel Menaia nasceu a dia 25 de Dezembro de 1994 mas, ao contrário do que possam pensar, não suporta que lhe chamem de Menino Jesus, porque essa observação está mais batida que a picha de uma criança numa rede de pedofilia. Ainda assim, adora a época natalícia e a terra que o viu nascer: o Barreiro.

Este energúmeno desde cedo que se poderia ter tornado barão da droga da Margem Sul, mas preferiu fazer coisas mais interessantes da sua vida – até porque a sua mãe não o deixava ficar na rua até muito tarde.

Iniciou-se no Stand-Up Comedy a 25 de Setembro de 2014, num dos maiores festivais de humor nacionais – o The Famous Humour Fest – e desde então nunca mais parou… De pensar no que poderia ter feito se tivesse continuado a actuar.

Felizmente, e depois de se ter formado em Ciências da Comunicação em 2015, decidiu que 2016 viria a ser o ano em que passaria a fazer stand-up regularmente, motivado pelo facto de não ter trabalho na área em que se licenciou, como qualquer jovem português em pleno século XXI.

Assim sendo, realizou com sucesso o VIII Workshop de Escrita de Humor de Rui Sinel de Cordes e lançou-se aos leões. A partir daí, seguiram-se dois espectáculos, um no Teatro Vilarett, a 13 de Abril de 2016, e outro no Cinema São Jorge, a 22 de Maio do mesmo ano.

No final desse ano, participou no segmento “Bicho Maluco Beleza”, do programa “Maluco Beleza” que Rui Unas tem no YouTube.

A par disso, também entrou em sketches da primeira e segunda temporadas de “Very Typical”, de Rui Sinel de Cordes na SIC Radical.

Actualmente, trabalha numa empresa marketing digital e vai fazendo Comédia por amor à arte – e por amor às chapas que essa mesma arte lhe garante para o Instagram.

Esta é o seu blog onde diariamente debita parvoíces que lhe consomem o cérebro.

Sigam-no.

Ele agradece tanto que vai parar de escrever na terceira pessoa do singular.